Yuri Garcia: Campeão europeu de capoeira é brasileiro do Luxemburgo – Luxemburger...

Yuri Garcia: Campeão europeu de capoeira é brasileiro do Luxemburgo – Luxemburger Wort – Contacto

129
0
SHARE

Yuri Garcia tem 20 anos e sagrou-se campeão da Europa de capoeira em abril, na República Checa. É um apaixonado pela arte cujas origens estão no Brasil, onde em agosto vai defender as cores do Luxemburgo nos campeonatos mundiais.

Por Álvaro Cruz

Yuri Garcia nasceu no Brasil, mas iniciou-se na capoeira aos 13 anos no Luxemburgo, quando cá chegou com os pais depois de uma breve passagem pela Bélgica. Aos 20 anos, o destacado membro da Academia Abadá Capoeira, sediada na capital do Grão-Ducado, alcançou recentemente o título europeu nos campeonatos que se realizaram em abril, na República Checa.

Um título europeu que teve “um significado especial” para o jovem capoeirista. “Apesar de no ano passado ter vencido em Portugal (Guimarães) a competição na categoria de corda verde, este ano a competição foi mais disputada e contou com excelentes executantes de vários países. Daí a minha enorme alegria e satisfação por ter vencido frente a adversários bastante categorizados”, explica.

Apesar de o tio ser atualmente professor de capoeira na Alemanha e ter vários membros da família como praticantes, Yuri nunca se tinha sentido verdadeiramente atraído pela arte de origem brasileira. Foi no Liceu Técnico do Centro (LTC), na capital, que começou a interessar-se pela expressão cultural afro-brasileira que mistura luta, dança, cultura popular e música, através de um projeto liderado pelo mestre Pélézinho, responsável da Academia Abadá Capoeira no Grão-Ducado, o maior grupo mundial de capoeiristas.

“Foi durante as pausas no liceu que decidi praticar capoeira e gostei bastante. Depois, passei a integrar a Academia Abadá Capoeira e nunca mais saí. A capoeira tem-se revelado uma autêntica escola de vida. Tenho aprendido muito durante estes últimos anos”, sublinha.

Yuri Garcia num dos treinos da Academia Abada Capoeira

Yuri Garcia num dos treinos da Academia Abada Capoeira
Foto: Ralph Hermes

Yuri Garcia tem participado em várias competições nacionais e internacionais, entre as quais se destacam a conquista de três títulos ’Benelux’, o primeiro em 2013, mas o jovem capoeirista mostra-se ambicioso e não quer ficar por aqui: “Ter conquistado o último título europeu na categoria de corda azul/verde acabou por me trazer maiores responsabilidades. Tenho sido muito acarinhado pelos colegas e responsáveis da academia, em especial pelo mestre Pélézinho que tem reconhecido as minhas qualidades e tem-me ajudado imenso na minha evolução”, precisa.

“Neste momento, estou a preparar-me para competir nos campeonatos mundiais que se vão disputar no Brasil, no próximo mês de agosto. Esta minha primeira participação no maior evento de capoeira no país onde nasci está a mexer muito comigo. Estou a treinar bastante e a preparar-me da melhor forma possível para estar à altura do evento e terminar, se possível, no pódio. Os títulos que consegui dão-me alguma confiança, mas sei que tenho que melhorar em alguns dos elementos que compõem a capoeira”.

Além de membro do Abadá Capoeira, Yuri também é professor dos alunos mais jovens, uma missão que cumpre “com grande prazer e satisfação”.

“Tenho trabalhado com crianças na academia e até agora posso garantir que tem sido uma experiência muito enriquecedora. Poder estar no papel de aluno e também no de treinador tem sido muito interessante, sobretudo pedagogicamente. Acredito que vou ficar para sempre ligado à capoeira”, concluiu.

“Yuri Garcia tem um futuro risonho pela frente”

Mestre Pélézinho, responsável máximo da Academia Abadá Capoeira no Luxemburgo, tem acompanhado de perto a evolução de Yuri Garcia e acredita que o jovem brasileiro “tem grande qualidade e um futuro risonho pela frente”.

O experiente mestre lembra que Yuri “aderiu inicialmente a um programa que lancei no LTC e pouco tempo depois já estava na academia a treinar connosco”. “A partir daí, tem tido uma evolução notável. Conquistou vários títulos, entre os quais os dois últimos europeus, o que demonstra toda a sua grande qualidade”, diz o mestre.

Sobre o mundial do Brasil, em agosto, Pélézinho acredita que Yuri Garcia “poderá ter um bom desempenho na sua categoria e chegar pelo menos ao pódio”, destacando que para isso “tem colocado sempre grande empenho e humildade nos treinos”.

Com cerca de 150 membros ativos de várias nacionalidades e faixas etárias, o Abadá Capoeira tem divulgado a capoeira no Luxemburgo, onde cerca de 400 pessoas praticam a arte brasileira em vários projetos, entre os quais se destaca um adaptado para pessoas com trissomia 21 e outras deficiências físicas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.

This article, Yuri Garcia: Campeão europeu de capoeira é brasileiro do Luxemburgo - Luxemburger Wort - Contacto, was initially found at https://www.wort.lu/pt/desporto/yuri-garcia-campe-o-europeu-de-capoeira-e-brasileiro-do-luxemburgo-59254c59a5e74263e13c04e8 on

LEAVE A REPLY